segunda-feira, 28 de fevereiro de 2022

LER+ BD - SUGESTÃO DE LEITURA: «A FILHA DE VERCINGÉTORIX»

 

Este é o trigésimo-oitavo álbum da série Astérix, a banda desenhada franco-belga escrita novamente por Jean-Yves Ferri e ilustrado por Didier Conrad, que foi publicado em 2019. 

 

Sinopse


Adrenalina, a filha adolescente do líder gaulês Vercingétorix, chega à aldeia gaulesa protegida por dois chefes arvernos. 

Com vista a ser mantida longe do traidor Adictosérix, que tudo faz para a raptar a mando de Júlio César, embarcam num navio rumo a Londinium. Mas Adrenalina deseja ser independente e emancipada, dificultando a missão de Astérix e Obélix.

Conseguirão estes protegê-la, impedindo que o seu torque (uma espécie de colar), símbolo da resistência, caia nas mãos de César?


Podes encontrar este livro na tua biblioteca escolar.

domingo, 27 de fevereiro de 2022

+ CIÊNCIA ON - QUESTÃO 18

 NOTA PRÉVIA
 

Durante o inverno migra para regiões tropicais para fins reprodutivos e no verão, para regiões com águas mais frias à procura de alimento.

Os mergulhos da baleia-azul têm, normalmente, uma duração de 3 a 10 minutos, mas podem prolongar-se até aos 30 minutos e atingir uma profundidade até 200 metros.

 QUESTÃO

Como respira a baleia-azul?

A) A baleia-azul respira através de guelras. A água com oxigénio entra pela boca, segue até às guelras onde ocorrem as trocas gasosas.

B) A baleia-azul possui um sistema respiratório constituído por uma rede de tubos de ar existentes por todo o corpo – as traqueias – onde ocorrem as trocas gasosas.

C) A baleia-azul respira através de brânquias que lhe permitem retirar o oxigénio da água.

D) A baleia-azul respira através de pulmões. Possui um orifício duplo – espiráculo – na parte superior da cabeça que utiliza para respirar quando emerge à superfície.

 PRESTA ATENÇÃO

Faz uma pesquisa sobre o assunto, de acordo com as indicações que constam do tutorial «Como pesquisar na Web», disponibilizado na pasta dos Tutoriais ("Serviço de Referência da Biblioteca Escolar", coluna da direita deste blogue).

 Responde à questão no formulário que se segue. Clica aqui.


sexta-feira, 25 de fevereiro de 2022

ESCRIT@TOP.COM - CONTO IX «AMANHÃ RECOMEÇAMOS»

 AMANHÃ RECOMEÇAMOS (1)

Fotografia: @André Sampaio

Há muito tempo, quando os anos ainda não se contavam, num lugar longínquo da Ásia, dominava o reino de Ashka. Era um lugar pacífico. No entanto, existia uma jovem escrava, mulata, baixa, cabelos longos e encaracolados, tão maltratada pelo seu senhor, que pensava ser melhor morrer.

Certo dia, após ter sido chicoteada tantas vezes de seguida, que parecia terem passado anos, ela decidiu fugir. Correu e correu e, quando acabaram as suas forças, viu-se numa caverna com cristais tão brilhantes quanto o próprio sol. No meio da mesma, habitava uma árvore, com frutos tão encantadores como as mais belas joias.
A tentação era tão forte, que quase não conseguia resistir. Então, a pobre escrava começou a ouvir: «Come-me, come-me, vá despacha-te! Do que estás à espera?!». Jogou a mão ao fruto e comeu como se não houvesse amanhã. De seguida, sentiu uma energia a fluir pelo seu corpo e ouviu uma voz rouca, similar ao gemido de um fantasma, que dizia repetidamente: «Amanhã recomeçamos.» Confusa e desnorteada, a escrava repetiu também a frase e, mal dando tempo para piscar os olhos, já estava a ser chicoteada.
A noite caiu. A escrava fechou os olhos e exclamou para si: «Oh!». Ela viajara no tempo. A sua confiança ganhara o tamanho de uma galáxia e, na noite seguinte, quando as estrelas dominavam o vasto céu, tentou fugir da escravatura, repetindo vezes sem conta: «Amanhã recomeçamos.» A viagem fora, porém, tão longínqua, que agora ela contava sessenta anos.
Devido à sua avançada idade, já não tinha serventia como escrava e, por isso, foi jogada aos cães esfomeados. Desesperada, atordoada pela luz do dia, gritou sem parar até lhe faltar a voz: «Amanhã recomeçamos. Amanhã recomeçamos. Amanhã…». Percebendo que não funcionava, caiu desolada, perdendo as suas forças, e morreu ali mesmo, devorada pelos cães famintos.

 André Sampaio, 9.º B, n.º 2.

(1) Este texto teve como fonte de inspiração o conto «A Aia», de Eça de Queirós.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2022

CONCURSO NACIONAL DE LEITURA: RESULTADOS DA 1.ª FASE

Já estão apurados os alunos que representarão o concelho de Monchique na Fase Intermunicipal do Concurso Nacional de Leitura, que será organizada pela Biblioteca Municipal de Vila Real de Santo António e cujas provas estão agendadas para o dia 26 de abril.

1.º CICLO

A prova desta 1.ª fase incidiu na obra O Gigante Egoísta, de Oscar Wild.



Guilherme Carmo - Escola EB1 N.º 2 - 3.º ano;
Diogo Catarino - Escola EB1 N.º 2 - 4.º ano;
Duarte Jorge - Escola EB1 N.º 1 - 3.º ano.

SUPLENTES:
Lincon Almeida - Escola EB1 N.º 2 - 3.º ano;
Margarida Duarte - Escola EB1 N.º 1 - 3.º ano.

Para a fase intermunicipal, os alunos do 1.º ciclo terão de ler a seguinte obra: 
Título: Chiu! 
Autor: Mafalda Milhões e Paulo Galindro.

2.º CICLO

Obra que esteve a concurso: A Menina do Mar, de Sophia de Mello Breyner Andresen.



Mariana Silva - 6.º A;
Tatiana Duarte - 6.º A;
Matilde Messia - 5.º B.

SUPLENTES:
Dalila Rio - 6.º A;
Sofia Duarte - 6.º A.

Para a fase intermunicipal, os alunos do 2.º ciclo terão de ler a seguinte obra: 
Título: O circo da lua 
Autor: André Gago.

3.º CICLO

Prova a concurso: 35 Quilos de Esperança, de Anna Gavalda.



Inês Duarte - 8.º B;
Anita Marques - 8.º C;
Maria Nunes - 8.º B.

SUPLENTES:
Elisa Mendes - 8.º B;
Mariele Venda - 9.º A.

Para a fase intermunicipal, os alunos do 3.º ciclo terão de ler a seguinte obra:
Título: Encruzilhada no tempo;
Autor: Margarida Fonseca Santos.

LER+ BD - SUGESTÃO DE LEITURA: «ASTÉRIX E A TRANSITÁLICA»

Este é o trigésimo sétimo álbum da série «Astérix», uma banda desenhada franco-belga. Escrito mais uma vez por Jean-Yves Ferri e ilustrado por Didier Conrad, foi publicado em 2017. 

Sinopse


O senador responsável pelas vias romanas, acusado de as negligenciar, tem a ideia de lançar uma corrida pela Península Itálica. Vários representantes dos povos que estão sob o domínio romano entram na corrida, para além dos próprios romanos, claro, que tudo fazem para vencer. 

Após consultar uma vidente, Obélix decide entrar também na corrida, contando com a colaboração do seu fiel amigo Astérix. 

Ao longo deste desafio os intervenientes conhecem vilas que prometem vir a tornar-se grandes cidades, cada uma com as suas particularidades. Assistem em primeira mão à luta para conseguir construir em terrenos alagados em Veneza, à criação da moda em Milão e até à confeção de pizzas em Nápoles.

Enfrentando tudo e todos, bem como os buracos das vias romanas, os nossos personagens principais vão tentar vencer esta corrida. Será que conseguem? 



Podes encontrar este livro na tua biblioteca escolar.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2022

EU, LEITOR(A), SUGIRO «O GUARDA DA PRAIA»

 

            Na minha opinião, O Guarda da Praia, da escritora portuguesa Maria Teresa Maia Gonzalez, é um dos melhores livros que já li, por ter uma história muito bem construída e maravilhosa.

Este livro consegue tratar muito bem o que as personagens sentem, mas eu tenho uma personagem à qual me afeiçoei, que é, no caso, o Luís, ou Dunas, como a escritora o trata. A sua história tem umas partes que deixam o nosso coração partido, porque falam da sua complicada infância e do que aconteceu nela. Porém, felizmente, ele tinha a sua avó para cuidar dele. O Dunas é a minha personagem preferida por causa da sua vida e da sua maneira de ser, tão preocupado com a natureza… Eu nunca vi ou imaginei uma pessoa assim e acho até que deviam fazer um segundo livro, mas só que mais focado na sua vida.
Também gostei deste livro por abordar um sentimento que todos devíamos experimentar, que é a saudade.
Quem me dera que a escritora tivesse feito um livro um pouco maior, assim poderia falar muito mais da vida do Luís! Podia falar também um pouco mais de si, pois, para mim, ela merecia ainda maior destaque.
Resumindo, este foi dos melhores livros que já li na minha adolescência e até hoje.

  Afonso Pinto, n.º 1, 9.º A

terça-feira, 15 de fevereiro de 2022

CAMPANHA ELEITORAL DE «MIÚDOS A VOTOS - 2022» JÁ COMEÇOU NA EB1 N.º 2

A turma do 1.º ano da Escola EB 1 n.º 2 de Monchique (S. Roque) já começou a apelar ao voto no seu livro preferido: O Monstro das Cores, de Anna Llenas.

Os meninos e meninas estão entusiasmadíssimos e muito empenhados numa campanha colorida e emotiva, apresentando um conjunto diversificado de trabalhos surpreendentes e bastante criativos: painéis, cartazes, decoração da porta da sala, pequenos monstros, jogos e, inclusivamente, um pequeno vídeo.

Veja os trabalhos da turma na apresentação que se segue.

Powered by emaze

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2022

LER/ESCREVER+ DESPORTO: MICHAEL JORDAN

A atividade «Ler/Escrever+ DESPORTO», desenvolvida em parceria com os professores de Educação Física, continua a mobilizar alunos impedidos temporariamente da prática da atividade física para a pesquisa online e produção de pequenos textos sobre temas associados ao desporto.

Hoje, quatro alunos do 6.º ano envolveram-se numa interessante pesquisa sobre o basquetebolista Michael Jordan e produziram textos que nos permitem ficar a conhecer melhor essa figura do desporto mundial.

MICHAEL JORDAN

Michael Jordan nasceu a 17 de fevereiro de 1963 em Nova Iorque.

Michael Jordan é considerado por muitos o melhor jogador de basquetebol de todos os tempos e também um dos mais importantes desportistas do sexo masculino da história.

Filho de James e de Delores Jordan, nem sequer andava quando a sua família foi viver para a Carolina do Norte.

Michael entrou na Ensley A. Leney Hight School, onde começou a sua carreira de atleta, jogando beisebol, futebol e basquetebol. Tentou entrar na equipa de basquetebol do colégio durante o seu segundo ano, mas tinha apenas 1,80m de altura e foi considerado muito baixo para jogar.

Jogou na liga americana NBA, tornando-se um dos jogadores profissionais mais favoritos dos fãs. Foi 6 vezes campeão na NBA, com 72 vitórias.

Terminou a sua carreira no ano de 2003.      


Referência bibliográfica:
Michael Jordan. Consultado a 10/02/2022. Disponível em https://pt.wikipedia.org/wiki/Michael_Jordan. 

Autor do trabalho R.X., 6.º B, n.º 16.

MICHAEL JORDAN

Michael Jordan, basquetebolista norte-americano, nasceu em Brooklin, Nova Iorque, em 1963, mas mudou-se ainda muito novo com a família para Wilmington, no estado da Carolina do Norte. É para muitos uma das maiores figuras da NBA.

Em 1982, na final do campeonato universitário, Jordan destacou-se ao marcar, no último segundo, os dois pontos que dariam o título à sua equipa. Jogou mais dois anos na liga universitária, antes de ingressar na NBA.

Foi por cinco vezes membro da equipa dos Chicago Bulls. Venceu o campeonato profissional norte-americano em 1991, 1992, 1993, 1996, 1997 e 1998; foi dez vezes o melhor marcador. Ganhou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 1984 e 1992.

Referencia bibliográfica:

Michael Jordan. Consultado a 10/02/2022. Disponível em https://www.infopedia.pt/$michael-jordan

Autora do trabalho: M. I. F., 6.º B, n.º 10.

ESCRIT@TOP.COM - CONTO VIII «DE MANHÃ É QUE ESCURECE»

 DE MANHÃ É QUE ESCURECE 

Fotografia: @André Revés

Outrora, um menino atordoado, indo com o seu pai dentro de um carro veloz pela autoestrada, cuspiu para o exterior e o cuspo acabou por bater no vidro de outro carro. O outro motorista, assustado, ou talvez irritado, acelerou o mais rápido que pôde e foi bater na traseira do carro do pai do menino. Ambos morreram.

O menino abriu os olhos e viu uma luz cintilante. Quando teve os neurónios no sítio, virou-se para uma mulher bela, com um vestido de veludo branco e cabelos loiros. Logo teve medo que o coração saltasse para fora e foi, de imediato, dar-lhe um beijo. Perguntou-lhe onde estava e, com um belo sorriso, ela respondeu:
— No Céu.
Deitado numa cama de diamante, o menino lembrou-se da face do pai, quando aquele indivíduo bateu no carro. Era um olhar de medo e de susto. Antes do acontecido, o menino vivia num casarão que era demasiado grande para ele, mas que, na verdade, não passava de uma casinha tão pequena quanto uma casa de bonecas podia ser. E o quarto tinha um armário com tantas roupas quantas as moedas de um mendigo, uma cama de verga e um candeeiro com a luz sempre a piscar e um barulho tão agudo que parecia que ia explodir! Um anúncio ouviu-se vindo do céu e a mulher de veludo branco de novo apareceu. Disse-lhe que quem acertasse umas quantas perguntas iria voltar à Terra. Ele acertou tudo e regressou.
Voltou para casa e, no dia seguinte, foi para a escola, onde não esperava encontrar animais no lugar de professores e «aliens» como alunos, com chapéus a indicar o nome de cada um. Até que uma tempestade chegou perto da cidade e, naquela manhã, o céu escureceu e o chão estremeceu. O menino entrou dentro do seu quartinho e uma pessoa com dois milhões de metros pisou a casa e esmagou o menino. O menino acordou exaltado, porém estava tudo bem. Soava ao longe o pai, a chamá-lo para ir tomar o pequeno-almoço. Depois, refletiu, sentado na cama, de casa, do hospital ou de outro lugar qualquer, que estas coisas mirabolantes tinham sido apenas um sonho e quando olhou pela janela o céu continuava escuro.

André Revés, 9.º A, n.º 4.

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2022

CAMPANHA ELEITORAL DE «MIÚDOS A VOTOS» 2022

 Já está em curso, desde o passado dia 7 deste mês, a campanha eleitoral de «Miúdos a Votos» 2022.

A nossa biblioteca escolar dispõe de quase todas as obras que irão a votos no próximo dia 23 de março, que estão acessíveis para consulta e/ou requisição.


Estás pronto(a) para esta campanha eleitoral?

Então, escolhe já o teu candidato preferido e promove-o junto dos teus colegas e demais comunidade educativa.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2022

DIA DA INTERNET MAIS SEGURA: 8 DE FEVEREIRO

Clica sobre a imagem para a veres melhor.

Comemora-se hoje, dia 8 de fevereiro de 2022, a 19.ª edição do Dia da Internet Mais Segura, data que, ao longo dos anos, mobiliza pessoas sob o lema “Juntos por uma Internet melhor”.

Este ano, o Centro Internet Segura assinala a data levantando a questão “TU és TU online?”, sobre a qual todos nós devemos refletir.

Durante todo o mês de fevereiro, serão realizadas várias iniciativas, que visam «aumentar a sensibilização para a segurança online das crianças e jovens», tendo como objetivo «garantir que a Internet é um local de oportunidades, que possibilita a criação e partilha de conteúdos positivos, onde todos se revêem livremente».

Para acederes a trabalhos produzidos pelos teus colegas sobre esta temática, no ano letivo transato, a partir de tiras de Banda Desenhada disponibilizadas pela SeguraNet,  clica aqui.

ESTÓRIAS DA HISTÓRIA: «SÉC. XVIII - LISBOA EM RUÍNAS» LEVA-NOS NUMA VISITA À BAIXA POMBALINA

Ler é, sem dúvida, uma das melhores formas de aprender e de aprofundar conhecimentos.

A obra Séc. XVIII - Lisboa em Ruínas, da coleção «Portugal - 10 Séculos de Histórias», prova-nos isso, precisamente. 



De uma forma lúdica e descontraída, a leitura deste pequeno livro proporciona-nos um passeio pela atual Baixa de Lisboa e leva-nos numa viagem no tempo até ao século XVIII, permitindo-nos perceber aquilo que aconteceu no fatídico dia 1 de novembro de 1755.

 

E tu, percebeste bem a história? E compreendeste os factos históricos que são abordados?

Então, vamos lá!

Faz uma avaliação das tuas aprendizagens. Clica aqui. 


segunda-feira, 7 de fevereiro de 2022

PROBLEMATIK 14 - QUAL É O NÚMERO?

Continuamos a pôr à prova a capacidade de concentração e de raciocínio dos nossos alunos e demais leitores deste blogue.

Serás capaz de resolver este desafio?

Garantimos-te que é muito, muito fácil!


Conseguiste descobrir o número?

Então, deixa a tua resposta no formulário em anexo. Clica aqui.


sexta-feira, 4 de fevereiro de 2022

+ CIÊNCIA ON - QUESTÃO 17

NOTA PRÉVIA

Reprodução, em biologia, refere-se à função através da qual os seres vivos produzem descendentes, dando continuidade à sua espécie. Na maior parte dos vertebrados, os indivíduos são machos ou fêmeas toda a vida. A informação sobre sua sexualidade, inscrita nos genes, não admite mudanças. No entanto, nem sempre o sexo se mantém ao longo da vida de alguns seres vivos.


QUESTÃO

Para além do peixe-palhaço, também pode mudar de sexo ao longo da vida,

A) o choco.

B) o dragão barbudo.

C) a salamandra.

D) o carapau.

PRESTA ATENÇÃO

Faz uma pesquisa sobre o assunto, de acordo com as indicações que constam do tutorial «Como pesquisar na Web», disponibilizado na pasta dos Tutoriais ("Serviço de Referência da Biblioteca Escolar", coluna da direita deste blogue).

 Responde à questão no formulário que se segue. Clica aqui.


EU, LEITOR(A), SUGIRO: «OS FILHOS DA DROGA»

 

Os Filhos da Droga é um livro autobiográfico que, uma vez, tendo-o lido para uma apresentação oral, mudou completamente o meu ponto de vista acerca do mundo em que vivemos. A trágica história de Christiane F. não só me chocou a mim, como também a todos os leitores.

Nós vivemos todos num mundo imperfeito, fora do normal. Um mundo em que adolescentes, tais como Christiane, começam a drogar-se em idades muito jovens, apenas para provarem a alguém que são capazes de tal.
Esta obra dá uma ampla visão da maneira como ninguém gostaria de viver. Essa foi uma das razões pelas quais o livro se destaca de todos os que já li. Tal como Christiane, muitos adolescentes começam por experimentar as chamadas droga leves, como a canábis. E mais tarde, à medida que o vício cresce, as drogas tornam-se cada vez mais pesadas, até chegarem à cocaína. Por estas razões, muitos destes adolescentes acabam por morrer de «overdose».
Eu sendo eu, não me consigo imaginar a entrar nesse «beco sem saída» que é o vício das drogas. Assim como Christiane, muitos jovens adultos, nesta obra, chegaram a um ponto na sua vida em que se prostituíam, apenas para poderem pagar droga.
A história de Christiane não só me fez pensar nos adolescentes que se encontram nestas situações, mas também nos seus pais. Como é que os pais de indivíduos como Christiane deixam os filhos chegar a um ponto tão grave na sua vida? Cheguei à conclusão que isso demonstra não apenas descuido com os filhos, mas também ignorância, desatenção e pouca presença.
Pequenos descuidos, vindos não apenas dos toxicodependentes, e que os levam a entrar na «brincadeira» das drogas, mas também das pessoas que os rodeiam, por os deixarem chegar a um estado tão grave, no mundo da decadência e da prostituição. Foi assim que muitos jovens morreram e continuam a morrer.
Por estas razões, e muitas mais, este é um livro clássico da literatura. A trágica história de Christiane mudou o ponto de vista de muitas pessoas, tal como mudou o meu, acerca do mundo em que vivemos.
 Riana Venda, 9.º C, N.º 12.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2022

FILMES DE ANIMAÇÃO - SUGESTÃO «POKÉMON, O FILME: SEGREDOS DA SELVA»

FICHA TÉCNICA:

Título original: Gekijouban Poketto monsutâ: Koko

Realização: Tetsuo Yajima

Género: Ação, Animação, Aventura

Ano: 2020

País de origem:  Japão


Esta é a vigésima quarta longa-metragem baseada no universo de Pókemon, que vem celebrar os 25 anos da Pókemon Company. 

 

Sinopse

Nas profundezas da floresta Okoya, um lugar habitado pelos Pokémons Zarude é protegido pela regra que proíbe a presença de forasteiros, nomeadamente, humanos. Porém, num outro ponto da floresta, um solitário Zarude encontra uma criança humana e decide criá-la. Koko, assim se chama o rapaz, cresce e um dia descobre que afinal não é um pokémon, mas um humano. Enquanto Koko procura os seus pais biológicos, eis que a selva é ameaçada…


Trailer: Clica aqui.

Banda sonora; Clica aqui.