segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

LER POR PRAZER NA RÁDIO FOIA

São sempre muitos os alunos que se voluntariam para participar na rubrica «Um Livro por Semana». Os que o fazem pela primeira vez conseguem que o nervosismo e a insegurança se transformem em autoconfiança e vontade de repetir a experiência e, quando regressam à escola, levam os corações a transbordar de orgulho, que é, normalmente, reforçado pelo entusiasmo dos colegas e pelas palavras carinhosas dos professores.

Nas últimas semanas, a nossa rubrica semanal de leitura foi inteiramente preenchida por alunas do 2.º ano de escolaridade das duas escolas do 1.º ciclo da vila de Monchique. A Lia Marques, que frequenta a Escola EB1 N.º 2, escolheu a história O Boneco de Pão Doce para a sua estreia na rádio e fez uma excelente leitura deste curioso conto tradicional, cujo desfecho nos leva a refletir sobre a esperteza de uma raposa matreira que, ao contrário da mulher, da vaca e do cavalo, consegue comer o tão desejado boneco de pão doce.


As suas colegas de turma, a Beatriz Rio e a Dalila Rio, optaram pela obra O ano em que o calendário avariou, de Manuel António Pina, e encheram o estúdio de boa disposição com uma magnífica e divertida leitura de um poema que nos fala de um ano «tão completamente maluco e tão completamente bissexto» que tudo sai ao contrário devido a uma avaria no calendário.

A girafa que comia estrelas, de José Eduardo Agualusa, voltou à Rádio Foia nas vozes da Isa Sousa e da Mariana Balbino da Silva, da Escola EB1 N.º 1. Apesar de andarem apenas no 2.º ano, as duas meninas souberam controlar o nervosismo da estreia e leram a obra toda, da primeira à última página, recordando-nos a história de Olímpia, uma jovem girafa que andava sempre com a cabeça nas nuvens.

A Carolina Morais, que anda no 6.º ano e já está familiarizada com a leitura aos microfones da rádio local, disponibilizou-se imediatamente para preencher uma vaga de última hora na rubrica «Um livro por Semana», aceitando a sugestão de leitura que lhe foi feita na Biblioteca Escolar.

A nossa jovem leitora deixou-se cativar pela obra Nweti e o Mar, de José Eduardo Agualusa, e, com a sua leitura fluente e expressiva, apresentou aos ouvintes da Rádio Foia um livro invulgar, que nos leva a descobrir o poder dos sonhos, da amizade e do amor através do olhar de uma menina de seis anos.

domingo, 17 de dezembro de 2017

PROBLEMA DO MÊS DE DEZEMBRO

Numa época em que as famílias e os amigos se reúnem, a Biblioteca Escolar desafia os leitores deste blogue a tentarem resolver o problema que se segue, investindo num trabalho de raciocínio conjunto e colaborativo.

Clique sobre a imagem para ver melhor.

Se nos quiser fazer chegar a sua resposta, use o espaço "Comentários" e habilite-se a bons prémios.

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

CONCURSO «PARES DA LEITURA» ESTÁ DE VOLTA!

A Biblioteca Escolar convida os alunos do 5.º e do 6.º ano e os seus pais/encarregados de educação a participarem na 10.ª edição do Concurso «Pares da Leitura», cujas provas da 1.ª fase estão agendadas para o dia 19 de janeiro, às 20h30, no Auditório da Escola Básica Manuel do Nascimento. 
Recorda-se que os alunos devem constituir uma equipa (um par) com um adulto.

Nesta primeira fase, os alunos devem ler a obra Amor de perdição – Adaptado para os mais novos por Pedro Teixeira Neves e os adultos, História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar, de Luis Sepúlveda.



quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

ALUNOS REVELAM PREFERÊNCIAS DE LEITURAS NA ATIVIDADE «À RODA DOS LIVROS»

A atividade «À Roda dos Livros», que há já vários anos é desenvolvida com alguma regularidade nas turmas do 3.º ciclo, chegou agora também ao 2.º ciclo.

Confrontados com a responsabilidade de fazerem a apresentação de uma obra lida autonomamente e de recontarem uma parte dessa obra, usando obrigatoriamente uma determinada palavra (a palavra obrigatória), os alunos do 5.º e do 6.º ano revelaram, quase todos, uma surpreendente facilidade no desempenho dessa tarefa.

E se, no 3.º ciclo, se constata uma considerável evolução no que diz respeito ao nível de dificuldade dos livros apresentados, os alunos do 2.º ciclo também surpreenderam os docentes pela qualidade das suas escolhas.

A descoberta de livros e de boas leituras com os alunos é uma constante nesta atividade, que funciona, também, como uma estratégia de motivação para aqueles que ainda são leitores resistentes.






quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

MONTANÁRIO - O PRIMEIRO LIVRO DE EDUARDO JORGE DUARTE

Já chegou à nossa biblioteca escolar o primeiro livro do escritor monchiquense Eduardo Jorge Duarte, Montanário, uma edição da on y va, cuja apresentação terá lugar no dia 9 de dezembro, pelas 15h30, no snack-bar «Fonte dos Chorões», em Monchique.



quinta-feira, 30 de novembro de 2017

ESTÓRIAS DA HISTÓRIA: «O TERRAMOTO DE LISBOA»

Ler por prazer é sempre uma excelente forma de aprender!
E há livros simples e divertidos que nos ensinam a perceber melhor certos acontecimentos da História de Portugal.
A obra «Séc. XVIII - Lisboa em ruínas» é ótima para complementar o trabalho que os alunos do 6.º ano desenvolveram na aula de História e Geografia de Portugal sobre o terramoto de 1755.
Mas, sobre este assunto, qual será a opinião dos alunos?
Ficamos à espera das suas opiniões, que podem ser registadas no espaço «comentários».


sábado, 25 de novembro de 2017

A ALIMENTAÇÃO EM QUADRAS

O Concurso de quadras lançado pela Biblioteca Escolar no âmbito do Dia Mundial da Alimentação contou com a participação de 149 alunos dos três ciclos de escolaridade e 87 adultos.
As quadras vencedoras foram as seguintes:

1.º ano – Escola EB1 N.º 1

Para uma boa alimentação,
É necessário moderação:
Um pouco de tudo e muito de nada
É a receita para uma vida equilibrada!
                                      (Leonor Alves / pai e mãe)

2.º ano – Escola EB1 N.º 1

O Dia Mundial da Alimentação
Vamos todos celebrar
Com vitaminas e nutrientes
Para a saúde reforçar.
                                     (Martim Manuel / pai)

2.º ano – Escola EB1 N.º 2

Ter uma boa alimentação
é importante para crescer
comer fruta, legumes e pão
e muita água para beber.
                                   (Paulo Rodrigues / pai)

3.º ano – Escola EB1 N.º 1

No dia da alimentação
Fruta e legumes devemos comer.
Para ficarmos saudáveis
Uma salada de fruta vamos fazer.
                                     (Lara Martins / mãe)

3.º ano – Escola EB1 N.º 2

Peixe, carne, fruta e legumes
Fazem parte da nossa alimentação.
Sumos, doces e chocolates
Devemos comer com moderação.
                                       (Duarte Morais / mãe)

4.º ano – Escola EB1 N.º 1

É muito importante uma boa alimentação
para ter saúde e boa disposição.
Fazer desporto e muita água beber
Para uma longa vida ter.
                                        (Luana Fernandes / mãe)

4.º ano – Escola EB1 N.º 2

Cabelos e olhos bonitos
e um corpo são
tudo isso depende
de uma boa alimentação.
                                         (Carolina Guerreiro / mãe)

6.º ano – Turma A

No dia da alimentação
quero muito aprender
os bons hábitos alimentares
para me ajudar a crescer.
                                        (Simão Manuel)

6.º ano – Turma B

Uma boa alimentação
Melhora o teu coração
E quantos mais legumes comer
Mais saudável vou ser.
                                         (Andreia Duarte)

 7.º ano – Turma A

Para uma boa alimentação
legumes e fruta deves comer
mas se comeres sem noção
sem saúde vais crescer.
                                         (Leonor Silva)

 8.º ano – Turma A

Neste dia fala-se de alimentação
o que se deve comer e o que não.
Para uma boa alimentação ter
é preciso os alimentos saber escolher.
                                           (Joana Rosa)

8.º ano – Turma B

Uma boa alimentação,
Variada e nutritiva,
Dá força ao coração
Torna a mente criativa.
                                          (Catarina Ginjeira)

8.º ano – Turma C

Ter uma boa alimentação
Faz bem ao coração
E se juntares um poema por dia
Ainda melhor te fazia!
                                          (Patrícia Moreira)


9.º ano – Turma A

Sopa com legumes deves comer
Comida rápida é para esquecer
Uma boa alimentação deves ter
Roda dos alimentos deves conhecer.
                                           (Adriana Isabel)


sábado, 18 de novembro de 2017

«NASCIMENTO VAI À RÁDIO» - PROJETO CUMPRIDO

Tal como tinha sido adiantado na última edição deste jornal, o projeto «Nascimento vai à Rádio» levou à Rádio Foia três magníficos contos do escritor monchiquense Manuel do Nascimento, nas vozes de doze alunos do 8.º ano. Os contos «A esperança voltou de manhã» e «Sapo e Lagarto» preencheram as duas últimas edições desta iniciativa e facilmente se percebeu que os textos selecionados foram particularmente motivadores, envolvendo leitores familiarizados com os microfones da rádio local e estreantes da nossa rubrica semanal de leitura.

A Mariana Duarte, o Rafael Silva, a Constança Reis e a Leonor Marques, da turma A do 8.º ano, fizeram uma leitura irrepreensível do conto «A esperança voltou de manhã» e envolveram os ouvintes na angústia de António e Francisca, um casal com parcos recursos, cujo sustento estava condicionado pela enxurrada que ameaçava despedaçar a represa e arrastar a sementeira das batatas.





«Sapo e Lagarto», o «homem da gravata preta que acorda do marasmo a gente da aldeia», que é vaiado pelos rapazes e em cujo ombros caem «as pragas que deviam atirar ao tempo, à terra e à vida», foi-nos apresentado pela Laura Correia, pelo Marcelo Maio, pela Mina Estevão e pela Dia Boonen, da turma C do 8.º ano, numa leitura carregada de emoção e expressividade.





Os alunos reconheceram que estas leituras os motivaram a ler outros contos de Manuel do Nascimento, esperando-se que a sua participação na rubrica «Um livro por semana» tenha promovido o interesse pela obra do escritor que dá nome à sua escola.

terça-feira, 14 de novembro de 2017

PROBLEMA DO MÊS DE NOVEMBRO

Clique sobre a imagem para ver melhor.

terça-feira, 7 de novembro de 2017

SOLUÇÃO DO PROBLEMA DO MÊS DE OUTUBRO

E tal como prometido, aqui fica a solução do problema do mês de Outubro.

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

ARTE EM MINIATURA NA BIBLIOTECA ESCOLAR

As cadeirinhas do senhor António Jorge, ou melhor, do Ti Jorge, como é conhecido em Monchique, são já uma referência no nosso artesanato local e deslumbram grandes e pequenos pela sua graciosidade, minúcia e perfeição.
No passado dia 31 de outubro, o Ti Jorge assumiu o papel de professor e, na Biblioteca Escolar, foi recebendo alunos de diferentes turmas, exemplificou e ensinou como se faz uma cadeirinha e respondeu a todas as perguntas que lhe foram fazendo, com a alegria e a espontaneidade de quem se sente bem com o que faz.
Alunos e professores ficaram a saber que o esqueleto da cadeira é feito de raminhos tenros de diferentes árvores, usando uma pequena faca especial: uma faca de rabo de lagartixa.
Para fazer o assento, o Ti Jorge usa linhas de crochet de várias cores e agulhas feitas pelo próprio a partir de varetas de guarda-chuva.
Depois, é preciso muita minúcia, muita paciência e muita arte.















terça-feira, 31 de outubro de 2017

HISTÓRIAS DA AJUDARIS 17

Projeto «Histórias da Ajudaris», criado em 2009, concretiza-se a partir da edição de livros escritos por crianças para crianças, colhendo a inspiração em temas como a cidadania, os afetos e o ambiente, e tendo como objetivos essenciais:
- Fortalecer hábitos de leitura e escrita;
- Promover a inclusão e a integração social através da arte;
- Despertar a solidariedade;
- Aproximar a escola das famílias e da comunidade;
- Fomentar a interação entre gerações;
- Impulsionar o voluntariado.
No passado ano letivo, a turma A do 5.º ano e um grupo de crianças do pré-escolar participaram no concurso lançado pela Ajudaris, que obedecia ao tema A FAMÍLIA, e viram os seus textos coletivos serem selecionados para integrarem um dos livros «Histórias da Ajudaris 17», cujo lançamento decorreu no passado dia 28 de outubro, em Gondomar. 


Este evento contou com participação de pequenos GRANDES autores de todo o país, os verdadeiros heróis da festa, e os “escritores” monchiquenses e as suas famílias marcaram presença nesta iniciativa solidária, graças ao apoio da Câmara Municipal (que cedeu o transporte) e da Junta de Freguesia de Monchique (que comparticipou no alojamento das crianças).
O volume II destas «Histórias de Encantar», que inclui os textos dos nossos alunos, já está disponível na Biblioteca Escolar e pode ser adquirido pelo preço de 5,00€.


segunda-feira, 30 de outubro de 2017

NASCIMENTO VAI À RÁDIO

Nascimento vai à Rádio” é o nome do projeto que, ao longo de três semanas, preencherá a rubrica “Um Livro por Semana”, que recomeçou na Rádio Foia no passado dia 26 de outubro.
Dando a conhecer a obra do escritor que dá nome à escola que frequentam, quatro alunos de cada uma das turmas do 8.º ano, acompanhados pela sua professora de Português e pela professora bibliotecária, darão voz e emoção a quatro dos mais bonitos contos de Manuel do Nascimento.
O projeto teve início com o conto «A fuga», que aborda a problemática de um jovem que vive no «fundo de um barranco» e que se deixa seduzir pelas cores e pela animação da vila num dia de feira. Decide, então, fugir de casa e procurar trabalho na vila. No entanto, o entusiasmo e o embevecimento depressa deram lugar ao desapontamento e à solidão, quando confrontado com a dureza do trabalho que lhe ofereceram e com a frieza de “um prato de papas de milho”, acompanhado de “toda a água que quisesse beber”.
Quatro excelentes leitores da turma B do 8.º ano (a Anita Páscoa, o Leonardo Silva, a Margarida Nunes e a Sara Silva) fizeram chegar este magnífico conto de Manuel do Nascimento ao auditório da Rádio Foia, provando o inquestionável valor literário deste nosso escritor neorrealista.





sábado, 21 de outubro de 2017

PROVÉRBIOS EM MÍMICA

No âmbito do MIBE, Mês Internacional da Biblioteca Escolar, que se assinala no mês de outubro e cujo tema é, no corrente ano, "Ligando comunidades e culturas", os alunos do 7.º ano trouxeram a sabedoria popular para a BE e deram movimento a variadíssimos provérbios, interpretando-os através da mímica.
Subdivididos em grupos, cada aluno tinha a tarefa de mimar um determinado provérbio, tentando que os colegas o adivinhassem o mais rapidamente possível.
Surpreendentemente, e porque o trabalho de base estava muito bem feito e os provérbios memorizados, a tarefa revelou-se muito fácil e foi necessário recorrer ao fator tempo para encontrar o grupo vencedor de uma das turmas.

terça-feira, 17 de outubro de 2017

DIA MUNDIAL DA ALIMENTAÇÃO



O Dia Mundial da Alimentação, que se celebra a 16 de outubro, foi assinalado pela Biblioteca Escolar com o lançamento de um concurso de quadras dirigido aos alunos de todos os níveis de escolaridade, podendo, no 1.º ciclo, envolver a família.

Pedia-se que os concorrentes produzissem uma quadra, usando obrigatoriamente a palavra ALIMENTAÇÃO.

A tarefa é fácil e, por isso, também convidamos os nossos leitores a participarem nesta iniciativa, até ao dia 30 do corrente mês, usando o espaço destinado a comentários para o fazerem.

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

O PROBLEMA DO MÊS ESTÁ DE VOLTA

O departamento de Matemática e Ciências Experimentais, em colaboração com a Biblioteca Escolar, volta a dinamizar a atividade "Problema do Mês".
Para participar, os alunos e outros elementos da comunidade educativa devem dirigir-se à biblioteca para levantar um exemplar do problema que, depois de resolvido, será colocado numa caixa apropriada ao efeito.
A participação também poderá ser feita através do blogue, usando o espaço "comentários" para apresentar a resposta.

E para começar a treinar a capacidade de raciocínio, aqui fica o PROBLEMA DO MÊS DE OUTUBRO, cuja resposta tem de ser dada até ao dia 30.

Para ver melhor, clique sobre a imagem.

terça-feira, 10 de outubro de 2017

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

O DIÁRIO DE ANNE FRANK EM BANDA DESENHADA

A mais recente adaptação para banda desenhada de O Diário de Anne Frank, realizada pelo cineasta Ari Folmam e pelo ilustrador David Polonsky, chegou às livrarias portuguesas no passado dia 21 de setembro.


Lançada no ano em que se comemora o 70.º aniversário de O Diário de Anne Frank, esta é a primeira versão em banda desenhada autorizada pela família de Anne e tendo por base os textos originais do diário, escrito num anexo secreto, em Amesterdão, entre 12 de junho de 1942 e 1 de agosto de 1944.

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

BIBLIOTECA ESCOLAR RECEBEU OS PAIS DOS NOVOS ALUNOS

No primeiro dia de aulas, dia 13 de setembro, a Biblioteca Escolar da Escola Básica Manuel do Nascimento apresentou-se aos pais e encarregados de educação dos novos alunos, dando-se a conhecer como "um espaço físico e digital ao serviço da melhoria das aprendizagens", aberto a toda a comunidade escolar.
Os pais foram informados sobre as normas de funcionamento, os serviços disponibilizados e os projetos mais relevantes, tendo sido solicitada a sua colaboração, nomeadamente, no que diz respeito à motivação para a leitura e ao envolvimento nas várias atividades.



O escritor que dá nome à escola, Manuel do Nascimento, esteve em destaque neste encontro com os pais, a quem foi oferecida uma das segundas edições do autor que estão disponíveis.


A conversa fluiu, de uma forma mais informal e descontraída, entre um chá e uma fatia de bolo, e os pais foram-se apercebendo do papel da biblioteca na vida escolar dos seus educandos.

terça-feira, 19 de setembro de 2017

BIBLIOTECA ESCOLAR ENTREGA O PRIMEIRO PRÉMIO DO NOVO ANO LETIVO

A Biblioteca Escolar já começou a atribuir prémios no ano letivo 2017/2018. O primeiro foi entregue a uma encarregada de educação que resolveu, com exatidão, o "Problema do Mês" publicado na  edição n.º 406 do Jornal de Monchique.


quarta-feira, 13 de setembro de 2017

BIBLIOTECA ESCOLAR DÁ A CONHECER OBRAS DE MANUEL DO NASCIMENTO

Manuel do Nascimento, nascido em Monchique a 27 de dezembro de 1912, é o escritor que dá nome à escola dos 2.º e 3.º ciclos do Agrupamento de Monchique, mas cuja obra é praticamente desconhecida dos alunos e da comunidade educativa em geral.
Com o intuito de dar a conhecer a diversificada obra deste autor neorrealista, a Biblioteca Escolar apresenta uma exposição de primeiras edições dos seus livros e de coletâneas que incluem contos da sua autoria.
Para requisição, estão disponíveis as segundas edições das obras O Último Espectáculo e O Aço Mudou de Têmpera.


terça-feira, 12 de setembro de 2017

INÍCIO DO ANO LETIVO A 13 DE SETEMBRO

O início do ano letivo está marcado para o dia 13 de setembro no Agrupamento de Escolas de Monchique.
Os alunos dos 1.º e 5.º anos merecerão, neste primeiro dia de aulas, uma atenção especial da parte da direção, do corpo docente e do pessoal não docente, tendo em vista a sua adaptação harmoniosa a uma nova realidade escolar.
Os pais e encarregados de educação destes alunos terão também uma receção diferenciada, que inclui uma visita à Biblioteca Escolar, onde se poderão inteirar dos recursos, serviços e atividades que são facultados à comunidade educativa.